quarta-feira, 9 de junho de 2010

câncer salivado (vídeo-poema)

7 comentários:

BRENO disse...

Genial.Voce é foda.Craque.Quero voce na copa do mundo da Africa na semana que vem!

RodrigoCalabar disse...

Vc é fantástico cara. Que com as palavras como ninguém! Parabéns cumpadre. Que o capitalismo nunca consiga esgotar esse seu bem intelectual. Riquíssima inteligência Lingüística.

Plínio Gomes disse...

O que dizer? Só louvar.

tua Moni disse...

Adorei, Ban! Tudo é muito bom: a forma como você brinca com as palavras (tanto com a sonoridade quanto com o significado),essa cadência tão característica dos seus poemas, a crítica sutil e certeira...

O recurso audiovisual - a música, o enquadramento, a "quase" luz - complementa o sentido das palavras, tornando-as ainda mais impactantes.

Tentei encontrar um adjetivo para definir seu vídeo-poema e só consegui pensar em "haunting"...(rs)

Definitivamente, entrou para minha lista dos favoritos. Beijo!

tua Moni disse...

*haunting: assombroso

Helinélia disse...

A forma que você utilizou para mostrar o poema ficou muito bom, conseguindo mostrar os jogos de palavras e audiovisual de uma forma impactante.
Ficou uma crítica muito bem feita.
Parabéns!!!
Adorei...

Monique da Paixão disse...

Adorei ...
Parabéns !